sábado, 16 de fevereiro de 2013

GRAVAÇÃO DO 1º DVD DO ILÊ AIYÊ


No dia 1º de fevereiro, acordei pensando no evento que aconteceu na noite anterior: a gravação de um DVD na Concha Acústica do Teatro Castro Alves e que lá eu estava.

A gravação do primeiro DVD do 1º Bloco Afro do Brasil, o Ilê Aiyê - "DVD Ilê Aiyê - Bonito de se ver!"!

Interessante foi que, passado um tempo, recebi uma ligação:
- Que bagunça foi aquela na gravação do Ilê?
- Você estava lá? - perguntei.
- Não. Me ligaram contando!

... uma pausa se deu, pois o meu silêncio atordoado foi notório! (me causa indignação aqueles/ aquelas que só têm um propósito: criticar por criticar!)

Uma das coisas que me chamou a atenção ontem foi um comentário de um ex-aluno que gosta muito do bloco: "Sempre quis ver o Ilê Aiyê numa produção destas!"

Pois é...

A gravação para mim foi, de fato, histórica, emocionante, ímpar, interessante demais!

Uma gravação de DVD é algo demorado, onde pode acontecer de se parar várias vezes, Enfim, algo muito chato, mas que o público já deveria saber e esperar por isso!

Mas não foi isso que eu vi!

Vi um público animado, participativo, paciente, interativo!

Adorei ter visto aquela produção! 

O Ilê Aiyê merece tudo aquilo sim!

E ao ver Rezedá entrando? Lágrimas...

E ao ver o Cortejo da Negritude entrando? Lágrimas... (Não tenho palavras para falar sobre Dete Lima)

E após a música "Negrume da Noite"? Lágrimas...

E ao ver as eternas Deusas do Ébano? Lágrimas...

E o final com a participação dos convidados especiais? Lágrimas...

E a lembrança ao não ver a antiga ala de canto - refiro-me a mais "recente"- (Adelson. Reizinho, Guiguio, Cristiano, Graça)? Lágrimas...

Vou dizer que achei tudo perfeito? Não, claro! (Não sou expert em gravações, mas sei que inúmeras falhas ocorreram, mas a edição está aí para "consertar" ou "tentar consertar" tudo!)

Essa transição por que passa o Ilê ainda me angustia, mas é algo lento, que tenho sim que me acostumar e pronto!

Só tenho a dizer o quão ansiosa estou por assistir a essa gravação que teve Arto Lindsay como seu diretor musical, diversas parcerias para que esse evento fosse enfim realizado!

Parabenizar a todos que participaram direta/ indiretamente da produção deste projeto e lamentar a ausência de tantos outros que adoraria ter visto por lá!

É só esperar...


Um comentário:

  1. I am an avid reader who likes engaging content. That's why I am here. Your original views on this topic are refreshing and interesting. You've done a great job of expressing your views. Thank you.
    tu 95| call of duty| clicker heroes| strike force heroes 2| kitten cannon

    ResponderExcluir